Dia-a-dia dos chefs é tema de novo filme do diretor Jon Favreau

Um chef que perdeu o seu emprego em um restaurante começa a trabalhar em uma barraquinha para reencontrar a sua criatividade, enquanto tenta reunir a sua problemática família.
Este é o tema do filme que estréia dia 9 de maio nos cinemas.
Só de ver o trailer já dá água na boca.
A comédia “Chef” é escrita, dirigida e protagonizada por Jon Favreau (diretor de “Homem de Ferro”), com participações de Scarlett Johansson, Robert Downey Jr., Sofía Vergara, Dustin Hoffman, entre outros.O filme mostra um chef de cozinha que tenta inovar no menu do restaurante onde trabalha, mas acaba sendo demitido, além de receber duras críticas em redes socias. Ele então resolver comprar um caminhão para vender sua comida, com muita comédia entre uma receita e outra.
Publicado em Dicas, Filme | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário

Encantadores Vídeos de Gastronomia

A arte da gastronomia sendo exibida de uma forma delicada e apaixonante.

Aprecie esses deliciosos vídeos da cafeteria francesa Carte Noire produzidas pela Proximity BBDO.

 

 

 

Assista mais aqui.

 

 

Publicado em Dicas, Receitas | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário

5 dicas para ajudar você a escolher a aula de culinária certa!

“No outro dia eu tive o privilégio de me juntar a uma maravilhosa aula de cozinha vegetariana na San Francisco Cooking School (Califórnia). Minha experiência nesta aula me ensinou que nem sempre é fácil obter o maior proveito de uma aula de culinária. Aulas de culinária podem ser caras, mas ao mesmo tempo muito valorosas.

Trivial  (2)

O primeiro passo nesse processo é escolher a aula certa para você. Confira as dicas a seguir!

A aula que escolhi foi uma aula prática de 4 horas de duração que acabou em uma deliciosa degustação de todos os pratos que fizemos. Meus colegas de classe representaram uma amostragem das diferentes razões que motivam alguém a fazer uma aula de culinária. Tinha um casal que queria aprimorar suas habilidades culinárias, uma mãe e uma filha fugindo da rotina de comida e aprendendo sobre a cozinha vegetariana, dois amigos que escolheram essa aula como um “happy hour”. Havia também uma mulher de fora da cidade que escolheu essa aula como um complemento das suas férias em São Francisco, e várias outras pessoas entusiastas da cozinha e que aparentemente gostam de desfrutar da convivência social.

Aulas de culinária podem ser caras. Dependendo de muitos fatores, uma aula pode ir de R$ 70 a R$ 300 ou mais. Cursos de dois períodos, um fim de semana, uma semana podem custar centenas de reais e são realmente um investimento. Então é importante escolher sabiamente e estar certo de que você vai absorver e extrair o máximo do curso uma vez que estiver lá. Estaremos compartilhando nesse artigo algumas dicas sobre como escolher sua aula.

5 DICAS PARA AJUDAR VOCÊ A ESCOLHER A AULA CERTA DE CULINÁRIA

1 – Tenha certeza de que você queira estar lá.

Não é preciso mencionar que ajuda bastante o fato de que a pessoa tenha um interesse na aula pretendida. Seja ela de bombons ou de limpeza de frutos do mar, você realmente precisa ter alguma motivação para estar lá. Assim como algumas pessoas em minha aula de cozinha vegetariana, um entusiasmo geral pela cozinha e pelos aspectos sociais que envolvem uma aula são desejáveis.

Dito isso, se você está certo de algum ingrediente ou cozinha prediletos, fazer uma aula específica é ótimo para expandir os horizontes. Aulas de culinária também são ótimas se você tem medo ou receio de algo na cozinha, seja mexendo em uma levedura de pão ou até fritando em imersão, mas com certeza você sairá com mais experiência e provavelmente sem o seu medo.

2 – Tenha certeza de que você escolheu o tipo de aula certa.

As aulas são geralmente divididas em três categorias:

  1. Aula Expositiva (ou Aula Show)
  2. Aula Prática
  3. Oficinas

 

Aula Expositiva (ou Aula Show)

Cada experiência oferece prós e contras. Aulas expositivas são aquelas em que o chef fica em frente aos alunos e demonstra o preparo do prato e a interação prática do aluno é pequena ou nula.

Prós: Você poderá conhecer como cada receita do menu é preparada e obter dicas do instrutor. Esse é também um bom estilo para iniciantes que ainda não se sentem preparados para atuar.

Contras: Algumas pessoas acham aulas expositivas entediantes – eles querem participar ativamente. Assistir uma aula expositiva normalmente não garante a “memória muscular” associada à absorção das técnicas culinárias. Normalmente não confirmamos se realmente aprendemos uma técnica sem antes de testá-las por conta própria.

 

Aula Prática

Aulas práticas são aquelas em que você realmente cozinha os preparos ou desossando um porco, não só visto, e sim demonstrado na prática.

Prós: A maioria das pessoas aprende mais na prática do que apenas observando algo sendo feito. Uma aula prática realmente lhe mostrará o que você sabe e não sabe, tendo a oportunidade de fazer perguntas em tempo real ao invés de ficar imaginando situações teóricas.

Contras: Aulas práticas podem se tornar caóticas e confusas a medida que existam várias pessoas fazendo coisas diferentes ao mesmo tempo. É fácil perder alguma instrução ou se perder em sua tarefa ou perder lições da aula. Se for uma aula com mais de um preparo, você provavelmente trabalhará em apenas um deles. O instrutor pode ficar algumas vezes disperso, o que significa que você precisará aguardar por uma ajuda individualizada. Além disso, turmas de aulas práticas costumam ser menores do que as de aulas demonstrativas, o que pode torná-las mais caras (a escola precisa cobrar mais para trabalhar com grupos menores).

 

Oficinas

Oficinas têm maior duração, às vezes durando um dia inteiro, um fim de semana ou até mesmo uma semana.

Prós: Sem dúvida a melhor maneira de realizar uma imersão.

Contras: Geralmente são muito caras e você pode não ter disponibilidade de tempo para participar.

 

3 – Tenha certeza de que é o nível certo para você.

Existe uma grande diferença entre as habilidades requeridas de um iniciante daquilo que será interessante ou desafiador. Tenha certeza de que vai escolher uma aula apropriada ao seu nível, especialmente se você participar de uma aula prática na qual você trabalhará por conta própria.

Se você é um iniciante ou até mesmo intermediário , não subestime aulas básicas que pareçam pouco interessantes ou que aparentem desperdício de tempo. O domínio das técnicas básicas sempre será necessário e contribuirá para que atinja o nível avançado. Afiação de facas, mise-en-place, caldos, molhos, todos são de suma importância, não as deixe passar!

 

4 – Tenha certeza de que a sala de aula seja completamente equipada.

Você pode ter sua aula realizada em uma cozinha caseira de alguém, sendo assim, não se trata do maior lugar ou do mais chique. Dito isso, se é uma escola que se dedica a dar aulas profissionais, necessita de uma grande sala, com espelho para todos verem o que acontece na cozinha inteira. Equipamentos de qualidade, utensílios como facas bem afiadas são necessários. Muitas escolas dispõem de fotos de suas cozinhas e de suas aulas em seus sites ou possibilitam com que você assista uma aula experimental ou a veja acontecendo antes de tomar sua decisão.

 

5 – Faça essas perguntas:

O quão grande é a classe? Muitas pessoas na sala podem comprometer a atenção despendida pelo chef instrutor. Aulas práticas não devem passar de 14 pessoas, dependendo do tamanho da sala de aula/cozinha. Aulas expositivas podem ter grupos maiores.

Você ganhará uma refeição completa ou apenas degustação? Algumas aulas oferecem uma refeição completa ao final da aula. Outras oferecem pequenas porções a medida em que os preparos ficam prontos. De qualquer maneira, a oportunidade de experimentar a comida sempre fará parte da experiência.

Quem é o instrutor? Procure ler sobre biografia do chef instrutor e esteja a par de seu currículo. Um bom chef não é apenas aquele que domina as habilidades necessárias para cozinhar, mas que sabe conduzir um grupo e lidar com várias situações ao mesmo tempo. Nem todos os chefs são bons professores. Se você encontrar um bom instrutor com o qual sinta afinidade, possivelmente se interessará em participar de outras aulas dele ou o seguirá em outras escolas.

______________________________________________

Tradução livre do post de Dana Velden, originalmente publicado no blog The Kitchn, em 2 de fevereiro de 2014.

http://www.thekitchn.com/how-to-get-the-most-from-your-cooking-class-part-1-how-to-choose-a-class-thats-right-for-you-199564

Publicado em Dicas, Sem categoria | Com a tag , , , , , , , , , | 2 comentários

10 coisas que não deveriam ir para a geladeira… mas provavelmente você coloca lá

Um dos erros mais comuns praticados por muitas pessoas, é guardar quase todas as coisas na geladeira. Essas pessoas seguem uma regra simples, é natural, perecível, apodrece? Então guarde no refrigerador… Mas infelizmente as coisas não são tão simples assim. Nem todos os alimentos naturais e perecíveis devem ser guardados na geladeira.

Veja abaixo, uma pequena lista de produtos que muita gente guarda na geladeira, mas não deveria.

10 coisas que não deveriam ir para a geladeira

1- Tomates:
É super comum abrir uma geladeira e olhar tomates lá dentro sendo “conservados”… Não deveria, pois essa fruta não deve ir para a geladeira: O frio faz com que ela se deteriore de forma mais acelerada e também tende a levar a perda do sabor. O modo correto de se armazenar o tomate, é o colocando-o de cabeça para baixo na fruteira.

2- Cebolas:
A grande humidade da geladeira tende a fazer com que a cebola fique estragada prematuramente. O que uma cebola precisa é de um ambiente fresco e arejado, precisa de ventilação, portanto fora da geladeira e NUNCA perto das batatas, pois acaba estragando mais rápido.

3- Alho:
Amigo, companheiro da cebola, o alho detesta a geladeira, fria e úmida, tudo o que ele quer e precisa é de um local seco e ventilado, pode ser guardado solto e durar cerca de 2 meses, LONGE das Batatas.

4- Batatas:
Se forem para a geladeira , as batatas transforma o seu amido em açucar, alterando seu sabor e cor. O local ideal para guardar batatas é dentro de um saco de papel, nada de sacos plásticos.

5- Pimentas:
Não se deve guardar pimentas na geladeira, e nem mesmo é preciso. Um vidro de pimenta em conservas pode durar até 3 anos, se conservadas em vinagre e azeite. Se você usa azeite, coloque um pouquinho de vinagre dentro do pote, isso evita que o azeite fique rançoso ou embolorado.

6- Pão:
O pão só deve ir para geladeira, se for para ser congelado. Guardar o pão dentro da geladeira o fará ficar ressecado. Já guardar no congelador é a forma prática de ter o pão sempre fresquinho.

7- Melões e melancias:
Se essas frutas estiverem fechadas, devem ser guardadas fora da geladeira para manter os antioxidantes. Se estiverem abertas, aí sim podem ser guardadas lá.

8- Azeite:
Nem deveria estar listado aqui, afinal, quem guarda isso na geladeira? Mas em todo caso, guardar azeite na geladeira o torna turvo e espessos. Guarde isso no armário.

9- Mel:
Se você colocar o mel na geladeira vai engrossá-lo e cristalizá-lo. O mel praticamente não estrada, pois não possui água, o que dificulta a sobrevivência de bactérias, fungos e etc… Pergunte para as abelhas.

10- Café:
Sim, já vi pessoas guardando o pó de café na geladeira. Mas é errado, pois acaba afetando o sabor, que convenhamos, hoje em dia nem é mais lá essa coisa. O ideal é guardar em pote hermeticamente fechados e fora da geladeira. Já o coador pode ir para a geladeira, mas pra que?

Publicado em Dicas | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 comentário

Férias :)

1477974_699117333461276_1755867842_n

A escola deseja a todos um ótimo Natal e um 2014 recheado de alegrias e coisas boas!

 

 

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Receita de Natal!

peru+de+natal

O Natal se aproxima e com ele toda a preparação de uma ceia deliciosa para a família. Pensando nisso, o Espaço Gourmet Escola de Gastronomia te deixa uma receitinha deliciosa :)

PERU RECHEADO COM FAROFA DE FOIE GRAS

Ingredientes
1 Peru 5 kg
Azeite extra virgem
500 g foie gras
300 g figo em calda
400 g cebola cristal
200 g cereja em calda
200 g açúcar
250 g queijo parmesão
200 g avelã
150 g mostarda l’ancienne
150 g mostarda dijon
5 ovos
1 kg farinha de trigo
1 kg farinha panko

Preparo Preparo

Para a farofa
Em um frigideira coloque um foie gras já limpo em cubos e espere que ele derreta. Adicione cebola cristal cortada um 4 partes.
Adicione a farinha de rosca ou panko com figo e cereja em conserva, misture bem e reserve.

Para a Cobertura.
Junte 250 g de queijo parmesão ralado com ½ colher (sopa) de mostarda l’ancienne,
1 colher (sopa) de molho inglês e 1 xícara de avelãs moídas todos os ingredientes e misture bem.
Reserve.

Montagem.
Recheie o peru com a farofa, regue com azeite, cubra com a cobertura (aperte com as mãos para ela grudar na
pele da ave) e envolva em papel alumínio. Asse em forno pré aquecido em 180° por uma hora e meia.
Retire o papel alumínio e coloque de volta ao forno por mais meia hora, até ficar bem dourado.



Feliz Natal!

 

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário

Aprenda a arte da afiação de facas com o expert Peter Hammer!

Peter Hammer

Um Chef de cozinha sem uma faca afiada perde muito em questão de apresentação e qualidade de serviço. Acreditamos que todo amante de culinária tem que saber cuidar de sua faca para sempre poder fazer o melhor uso dessa extensão das mãos do cozinheiro.

Pensando nisso estamos promovendo uma aula prática com o mestre Peter Hammer.

Cuteleiro há 23 anos, Peter Hammer começou a se dedicar a Arte em Cutelaria no final dos anos 80.
Desde então, sua carreira ficou marcada por atitudes pioneiras. É o primeiro cuteleiro, no Brasil, a criar facas especiais para filmagens para o Cinema Brasileiro e a atender à Força Aérea Brasileira. Criou faca também para o grande Chef Alex Atala e para o BOPE do Rio de Janeiro.
São obras suas todas as armas usadas nas mini-séries “A Muralha” e “A Invenção do Brasil”, produzidas pela Rede Globo de Televisão. Para comemoração dos 500 anos do Brasil criou a faca Ibéria Guarani que foi comercializada por um valor de US$ 2,000.00.
A faca mais cara criada por Peter custou US$ 2,500.00
Peter Hammer é também o primeiro cuteleiro, no Brasil, a ministrar aulas de Cutelaria de forma perene.

Hoje, ele é o responsável pela formação de diversos cuteleiros brasileiros.

Mais informações e matrículas aqui!

 

Publicado em Sem categoria | Com a tag | 1 comentário

BLACK FRIDAY! A sexta-feira mais esperada do ano!

Dias como esses que merecem destaque na nossa agenda: sexta-feira, 29 de novembro, BLACK FRIDAY.

Sim,  é um costume norte americano que esta sendo implantado em outros pontos do planeta, e o Brasil também entrou nessa tendencia, com super benefícios aos compradores.

Hoje  é dia de aproveitar o que o Espaço Gourmet preparou para você!

Abaixo você tem as informações necessárias para participar da promoção e aproveitar esse super desconto!

Validade da Promoção: 29/11
 
Locais de compra: site e escola
www.espacogourmet.com.vc (início dia 29 de novembro de 2013, às 0hs -zero hora- e irá até as 23h59 -vinte e três horas e cinquenta e nove minutos- deste mesmo dia 29/11)
 
Espaço Gourmet Escola de gastronomia  - Alameda Prudente de Moraes, 129 F / Curitiba Parana (horário de atendimento :08h30 – 22h)
 
Formas de pagamento:
site – cartão de credito 
escola – cartão debito e credito ou dinheiro
 
Informações: 
  •  Após o cadastro no site da escola , a pessoa poderá iniciar o processo de compra (preencher os dados corretamente);
  •  O desconto de 50% será válido somente  para a segunda compra de cursos rápidos, aulas-show ou aulas práticas;
  • O valor do curso promocional deverá ser igual ou inferior ao valor do curso já adquirido;
  • O processo de compra para o segundo curso será realizado da mesma maneira do primeiro, porém no momento do pagamento o sistema ativará automaticamente o desconto de 50% partindo dos dados pessoais já cadastrados;
  • Os cursos ofertados aqui poderão não acontecer caso não seja atingido o número mínimo de inscritos. A pessoa poderá remarcar o curso, considerando o mesmo preço do curso já adquirido;
  • Escolha a data e o curso desejado no momento da compra, preenchendo os dados corretamente quando solicitados;
  •  Para evitar o não recebimento dos e-mails do Espaço Gourmet, confira regularmente seu lixo eletrônico.

Estamos a disposição para esclarecer qualquer dúvidas!

Boas compras!

 

 

 

 

 

Publicado em Ações Espaço Gourmet, Promoções | Com a tag | Deixar um comentário

PALESTRA CHEF ALMIR DA FONSECA

No próximo dia 04 de dezembro a Escola promove a palestra “A evolução no mundo gastronômico”, com o renomado Chef Almir da Fonseca, referência da gastronomia internacional.

Brasileiro nato, o chef Almir da Fonseca é defensor da cozinha sustentável e já passou por diversos estabelecimentos do mundo todo. Hoje atua como Master Chef do Culinary Institute of America, na Califórnia, escola parceira do Espaço Gourmet no curso de Master Chef com bidiplomação, recentemente lançado pela escola. Por isso, o chef Almir vem especialmente a Curitiba para ministrar a palestra sobre a carreira de Chef de Cuisine e a evolução no mundo gastronômico.

A palestra está marcada para as 19h e é aberta ao público. Após o evento, acontecerá a cerimônia de resultado que revelará o Aluno Revelação e os outros dois vencedores do 1º Concurso Gastronômico do Espaço Gourmet. No último dia 19 de novembro, os jurados conheceram os pratos dos cinco candidatos e votaram nas melhores combinações.

No final haverá um coquetel especial para os presentes e o sorteio de uma aula show.

Os convites para o evento custam R$ 90.

Já para o público externo, o valor é de R$ 150 .

Eles podem ser adquiridos na sede do Espaço Gourmet ou pelo site http://www.espacogourmetgastronomia.com.br/.

Mais informações pelo telefone (41) 3019-0437.

Serviço
Palestra Chef Almir + Premiação Concurso Gastronômico
Tema: “A evolução no mundo gastronômico”
Data: 04/12
Local: Espaço Gourmet Escola de Gastronomia (Al Prudente de Moraes, 129 – fundos)

Horários
19h – Palestra
21h30 às 22h – Premiação + coquetel

Valores
Alunos: R$ 90
Externo: R$ 150

Publicado em Ações Espaço Gourmet, Sem categoria | Com a tag | Deixar um comentário

Segunda Etapa do Concurso Gastronômico Espaço Gourmet

 

Dia 19/11 realizamos a 2ª etapa do Concurso Gastronômico Espaço Gourmet.

O grande desafio das finalistas foi criar e desenvolver um menu readaptando os pratos clássicos da culinária brasileira introduzindo técnicas de produção, ingredientes e apresentação da gastronomia clássica.

Entre muitos, os principais pratos utilizados foram: coxinha de frango ou galinha caipira, escondidinho, tapioca, pamonha, bolinho de mandioca…

Os alunos receberam R$ 70,00 para comprar todos os insumos utilizados nos preparos para a apresentação aos jurados.

O Menu era completo e consistia de entrada, prato principal e sobremesa.

Foi um show de sabor!

Contamos com a participação dos jurados:

Cintia Peixoto – Revista Top View

Chef Ivan Lopes – Restaurante Mukeka

Kilian Schroeder – Ceraflame

Marian Guimarães – Jornalista

Aline Cambuy – RDO Brasil

A premiação acontecerá no dia 04/12 no Espaço Gourmet por La Cocina após a palestra do Chef Almir da Fonseca.

 

575368_687632131276463_223754135_n1465248_687632357943107_366600814_n1426708_687632257943117_24301074_n1459788_687632157943127_2101409058_n

Publicado em Sem categoria | Com a tag | Deixar um comentário